quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Relax

Oi,gente!



Estou suuuuuuuuuuper à toa ultimamente - adoro férias - e com muito tempo pra escrever. Estive pensando em um milhão de coisas nos últimos dias (mente fértil). Será que sou a única que faz planos pra daqui a 10 anos? 

Se pararmos de sonhar, a vida fica sem graça. A esperança que temos é que amanhã sempre vai surgir algo melhor. Como é bom sentar com pessoas que amamos e planejar mil coisas, viagens, passeios,compras... e sabe de uma coisa? Eu tenho uma lista de objetivos. É... uma lista! Tudo (ou grande parte) das coisas que quero fazer durante a minha vida inteira. É claro que todo ano que acrescento coisas, afinal estou em constante mutação. Acredito que isso ajuda a lembrar e motiva a realizar.

Uma das coisas que quero especialmente para o ano de 2013 é me tornar uma pessoa mais calma. Com o stress do dia-a-dia me tornei uma pessoa que vive preocupada e ansiosa. Fico sofrendo por algo que eu nem sei se vai acontecer. No meu trabalho, por exemplo, às vezes os meus alunos me tiram do sério, mas isso não é motivo de eu chegar em casa e descontar em todo mundo. Certo? Quero viver tranquila, confiante de que Deus está cuidando de tudo. E ele realmente está! ;)

Viver com tranquilidade deve estar nos planos de todas as pessoas. Estou me esforçando e em breve vocês encontrarão uma Andressa super light e otimista. E se você também quer ser assim, vem pra cá! Tenho certeza de que vamos conseguir. =)


Um comentário:

Michael Craveiro disse...

Puxa, Andressa, muito bom!
Parece que planejar faz parte de algumas pessoas mesmo, imagino que da maioria. Eu, por exemplo, gosto de deixar-me vagar por outras realidades. Como você citou: "A esperança que temos é que amanhã sempre vai surgir algo melhor", imagino que isso faça parte da gente. É muito bom deleitar-se numa "ida" ao futuro. Novas amizades, novos lugares, novos pensamentos, novas companhias, novos interesses; tudo diferente. Viagens então, nem se fala.
Que Deus nos dê a oportunidade de contemplarmos o amanhã vívido e real; a Ele pertence.

Postar um comentário